Contos Completos

 

textos e ilustrações:  Beatrix Potter

tradução: Eugénia Antunes e Paulo Rêgo

 

21,96

Sinopse

Apaixonada pela natureza e por animais, Beatrix Potter (1866-1943) inspirou-se num coelho de estimação para escrever e ilustrar o seu primeiro livro para crianças. Publicada em 1902, A História do Pedro Coelho foi não só um fenómeno instantâneo de popularidade, como veio a tornar-se um dos maiores clássicos da literatura infantil do século xx. Traduzida em 36 línguas, contabiliza mais de 45 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo. Ao longo de quase três décadas de carreira, Potter publicou 23 pequenos livros ilustrados. A presente edição reúne, num único volume, a totalidade desses contos. Como complemento, são ainda incluídas, no final, algumas ilustrações e histórias só reveladas a título póstumo, a partir de materiais conservados no espólio da autora.


Críticas e imprensa

«[Beatrix Potter] teve uma importância pioneira na literatura infantil mundial.»

Ana Maria Magalhães

«Há muito tempo que Beatrix Potter andava sumida dos escaparates […]; já fazia falta uma edição que preenchesse esse vazio de forma sistemática.»

Carla Maia de Almeida, Ler

«Não é apenas o traço delicado e as formas suaves que ficam guardadas na memória, é toda uma atmosfera naturalista despreocupada com questões de escala que alguns de nós guardam no mais íntimo e primordial do seu passado infantil. E ainda não estamos a falar de palavras. […] É preciso recuar 150 anos… para se perceber melhor o contexto em que estas histórias foram criadas e divulgadas. Mas isso são coisas de adultos, as crianças não querem saber disso para nada. Contem-lhes uma boa história e elas não se vão deter a pensar se é de hoje, de ontem ou de amanhã. Se mergulharem nela, sentirem medo, frustração, alegria, felicidade ou qualquer outro sentimento genuíno que as leve a terminar a narrativa com sensações de justiça e segurança, então está tudo bem. Vão querer voltar a escutar a mesma história e outras de valor semelhante.»

Rita Pimenta, Público [ler o texto completo]

«As atribulações e situações angustiantes em que se veem metidas as suas adoráveis personagens agarram os pequenos, ao passo que os graúdos ficam intrigados com a sua forma de colocar em perspetiva nas entrelinhas e em curiosos detalhes nas ilustrações uma multiplicidade de aspetos sociais do seu tempo, desde questões políticas ou de classe, questões de género ou outras relacionadas com a vida doméstica.»

Diogo Vaz Pinto, Sol [ler o texto completo]

https://sol.sapo.pt/artigo/520580/o-mundo-nao-tao-idilico-de-beatrix-potter-

«Beatrix fez dos muitos animais de estimação da sua juventude vitoriana, aprisionada pelos valores familiares, e das férias nas terras altas de natureza luxuriante inspirações para um mundo benigno: coelhos chamados Pedro e Casimiro, esquilos, gatos, gansos, lagartos, sempre vestidos e com bons modos humanos, entretidos em aventuras na floresta ou em chás very british, declinados em ilustrações deliciosamente rétro. Uma pérola.»

Sílvia Souto Cunha, Visão [ler o texto completo]

«Apesar de constar na prateleira da literatura infantil, agradará os miúdos e os mais graúdos, que certamente serão “teletransportados” à sua infância através das imagens dos dóceis animais, coelhos, esquilos, gansos, ouriços-cacheiros, vestidos como humanos, que viviam em casas nos troncos das árvores e viviam aventuras nas hortas dos vizinhos — desenhados à aguarela, com traços ingénuos e realistas. Pela primeira vez, os contos da escritora inglesa Beatrix Potter são editadas em português […] [Beatrix Potter] deixou vivo um legado de histórias, personagens e situações pitorescas que continuará a alimentar a infância de muitos. Agora, em português.»

Joana Madeira Pereira, Expresso[ler o texto completo]

«Uma belíssima edição que nos leva ao lugar da História onde começaram a ser desenhadas as primeiras histórias infantis do século xx

Pedro Miguel Silva, Deus Me Livro [ler o texto completo]

«Potter consegue que as suas personagens sejam e ajam como animais e depois usa o (agora) clássico truque do guarda-roupa e do tipo de relação que estabelecem entre eles, o que nos permite identificarmo-nos com as suas asneiras, os seus anseios, as suas ambições. Mas é que, além disto, há aqui uma alternância abrupta e desconcertante entre o modo animal e o modo humano que nos leva para um reino de fantasia muito bonito e muito raro.»

Sara Amado, blogue Prateleira de Baixo [ler o texto completo]

Reportagem de Maria Monteiro, a propósito do lançamento do livro, Público [ler o texto completo]

Reportagem de Rita Neves Costa, a propósito do lançamento do livro, Observador [ler o texto completo]

Carlos Vaz Marques, O Livro do Dia, TSF [ouvir o podcast]

Reportagem do programa Literatura Aqui, RTP 2 [ver o vídeo, a partir dos 09’21]

Beatrix Potter

Beatrix Potter

Helen Beatrix Potter nasceu em Londres a 28 de julho de 1866, no seio de uma família da alta burguesia inglesa. Educada de acordo com as rígidas convenções da sociedade vitoriana, não frequentou a escola, tendo sido instruída em casa por precetoras. No entanto, recebeu uma educação esmerada, aprendendo Pintura e História Natural, disciplinas que vieram a revelar-se determinantes no seu percurso. Apaixonada pela natureza e por animais, inspirou-se num coelho de estimação para escrever e ilustrar o seu primeiro livro para crianças. Publicada em 1902, A História do Pedro Coelho foi não só um fenómeno instantâneo de popularidade, como veio a tornar-se um dos maiores clássicos da literatura infantil do século xx. Traduzida em 36 línguas, contabiliza mais de 45 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo. Ao longo de quase três décadas de carreira, Potter publicou 23 pequenos livros ilustrados. Morreu a 22 de dezembro de 1943, aos 77 anos, de pneumonia e problemas cardíacos. A sua obra tem continuado a encantar gerações, seduzidas pela beleza das ilustrações e pela agilidade das narrativas.

 

Informação adicional

Referência

9789898881113

Páginas

416

Formato

16×23,5 cm

Encadernação

cartonado

Data de edição

novembro de 2018